Minha Maré


esse teu olhar,
eleva maresia,
destroi o chão que piso,
abres uma via,
perdoas o meu mar,
revolto,
adverso,
colhes de mim um verso,
cada letra num momento solto,
apaixonado por este alfabeto,
tempo discreto,
que tu desesperas,
anseias,
pequeno jasmim,
traço de mim,
pisca me o teu imaginário,
grande oceanário,
onde tu,onde eu,
vamos nos perder,
aceder,
para que sejamos uma só estátua,
minha
tua....

Comentários

*Pérola* disse…
:)

Para quem gosta e QUER escrever:

http://escrita-online.blogspot.com

Força nisso! BeijOoOoOOO
Mafalda disse…
Obrigada :)
Espero ver esta poesia crescer. Tu sim, continua. *

Mensagens populares deste blogue

Refúgio

...Relembrar...Viver

Espelho de Alma