Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2009

Coração vs Razão

Imagem
Onde está a nossa liberdade?
Onde está o nosso amor?
Onde advém este sentimento?
Simples,fácil,sem esquecimento,
Para mim está escondido,
é um verdadeiro computador,
sente muita ansiedade,
mas dá este poder de escolher,
Entre a razão e a emoção.
viver a manhã ao amanhecer.


Escutar um simples bip de voltagem,
como é lindo esta poção,
este calor que percorre o meu interior,
e não tenho nada a dizer,
e quero lá saber que seja superior,
comanda me como uma caravela,
uma verdadeira artéria,
com sangue venoso,
esqueço a matéria,
dou um salto assombroso.

Fujo á frente dela,
vou me embora,
vou curtir o que me resta,
epá que ganda festa,
é aproveitar esta hora,
De repente deparo me,
falta me algo,
um sentido neste caminho,
então despeço-me.
desenho uma figura neste planalto,
que passeio sem carinho.

Começo a chorar lágrimas.
Serão erros que cometi?
Mas porquê que nasci?
Tenho pouca sorte nestas rimas,
saem deste espaço oculto,
saem sem motivo nem permissão,
parecem um vulto,
uma tormenta sem razão.

o poeta

Momento Efémero

Imagem
um mundo só meu,
criei te pequena imagem,
grande personagem,
vida acrescentei no teu coração,
respirar um ar só teu.


conheceres o melhor deste planeta,
o pior deste mundo sem senão,
um percurso da treta,
conjugações verbais,
sombras de um cais,
que mergulho nas profundezas deste abismo.


procuro um segundo de fraternidade,
um minuto de nenhuma ansiedade,
uma hora de puro oxigénio,
na sou nenhum génio,
sou apenas um coração que bate,
um individuo que vive,
corre tempo infinito,
um amor eu tive,
uma dor criaste.


oh destino porque sou finito?
quero viver eternamente,
ou momento de efemeridade,
perdida vivacidade,
pensamento retórico,
século histórico,
vento que leva agonias,
traz lembranças escondidas,
fujo a estes dias,
a estas intensas feridas,
que não saram, magoam,
fragilizam me a alma.


sinto me débil,
não sou nenhum volátil,
procuro apenas felicidade,
neste poço sem maldade,
que tempestades tragam bonança,
a vida é uma dança,
um curso de águas,
com muitos caminhos por escolher,
e um por viver,
ter um sol de tréguas,
um céu p…