Sentimentos Obscuros


Combinação de sais,
Momentos esplêndidos,
Um cume de minerais,
Diamantes e rubis,
Sento-me a mirar a lua,
O esplendor da noite,
Um cometa fugaz,
Nem que pernoite,
Uma estrela cadente aqui jaz,
Irei encontra-la nua, crua,
Pedirei a Júpiter,
Vénus,
Marte,
Enviarei recomendações a Baco,
Apenas um desejo individual,
Um cristal opaco,
Um momento de arte,
Uma flor celestial,
Um beijo de donzela,
*Uma viagem ao céu,
O quero,
Não sei,
O que me abate o coração,
Desfaz-me a alma,
Passos assombrosos,
Foi o olhar dela,
Naquele esplêndido véu,
Ai tempos tenebrosos,
Almas e penedos,
Transpirações e medos,
Serei mais uma vitima,
Cálice do meu sangue,
O destino me caiu em cima?
Será, porquê?
Foi esta veia que acordou,
Esta seringa que me tocou,
Viver e sofrer,
Querer e não poder,
Sentir esta ardência,
Um cheiro sem essência,
Olhar o dia como se fosse escuro,
A noite sem luz,
A chuva que não cai é pura,
Desfaz o terço e a cruz,
O monumento del rei,
Eu vacilo e deito-me nesta poça,
Neste buraco singelo,
Perco a fala, talvez nem oiça,
O teu apelo,
Ficarei eternamente adormecido,
Talvez esquecido,
À espera dum sinal,
Um beijo teu,
Ou final fatal,
Ficará o tempo e só eu...

o poeta

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O contrário da Vida!!!

...Relembrar...Viver

Espelho de Alma